Mitos e factos dos eléctricos!

Hyundai Ioniq 5

HYUNDAI IONIQ 5

INTRODUÇÃO

Esta nova geração do Hyundai Ioniq 5 está no segmento mais concorrido e onde há mais opções.

Se a primeira geração do familiar Sul – Coreano não era consensual no design era-o na eficiência energética e preço convidativo.

Esta nova geração veio compor o que não estava tão bem, mantendo os aspectos mais positivos da primeira geração.

É um carro completamente novo, construído de raiz sobre a plataforma E-GMP ( que no futuro irá estar nos vários produtos da marca e também no Kia EV-6)

Existem Mais versões deste Ioniq 5 mas para já, e para Portugal vem a versão de tração traseira , 72,6 KWH, 218 cv, 7,4 seg dos 0-100km/h e 481-686 km autonomia 

Futuramente poderemos contar com a versão mais vitaminada com 305 cv e 5,2 seg dos 0-100km/h

EXTERIOR:

Confesso que a primeira vez que vi imagens do carro pensei que fosse bem menor do que aquilo que efectivamente é. Portanto podemos dizer que o carro é fotogénico e consegue, ao contrario das pessoas, emagrecer nas fotos. 

É de longe bem maior do que aparente. Isto advém de ser um carro com linhas muito rectos e um design retro.

Por falar em design e quando o vi ao vivo pensei: estou na presença do protótipo apetecendo perguntar quando sairia a versão final e homologada.

O carro tem um design tão futurista que acredito que irá saber envelhecer muito bem. 

A ausência de grelha deu lugar a uma frente super discreta e elegante. Na dianteira e na traseira destacam-se as luzes em Led’s pixels. 

Na dianteira temos portinholas que abrem e fecham de acordo com as necessidades do carro.

Na lateral saltam à vista as jantes de 19 polegadas estilizadas ( para maior eficiência).

Os puxadores à face para não interferir com a aerodinâmica.

Na porta de carregamento temos indicação da carga .

Este carro de teste não tem mas pode ser adquirido um teto solar com capacidade de produção de energia.

Bagageira abre por percepção do condutor. Ou seja: se nos posicionarmos atras da bagageira durante 3 segundos ( com a chave no bolso) ela abre.

A mala tem a capacidade de 584litros ( em linha com a concorrência). Esta tem a vantagem do excelente acesso e o ponto fraco de ser muito baixa a altura da carga. Mas na generalidade creio que será suficiente para as “tralhas” da família. A Hyundai privilegiou o espaço interior em detrimento de uma mala de maior capacidade.

O carro poderá ser a maior Powerbank do Mundo… Este adaptador é opcional.

INTERIOR:

Tal como o exterior, o interior engana e muito. Há muito mais espaço e habitabilidade do que o que seria de esperar. Arrisco-me a dizer que do segmento é o que proporciona mais espaço para os ocupantes.

Os bancos traseiros chegam à frente e para tras aumentado assim o espaço de carga na mala.

A consola centra é deslizante pelo que pode ser puxada para os bancos traseiros. A Hyundai chama a isto Smart Living Space.

Existem imensos espaços de arrumação espalhados pelo habitáculo e onde não falta o já indispensável carregador sem fios para telemóveis. 

No tablier detsacam-se os dois ecrãs contíguos onde se apresenta toda a informação e definições.

No painel de instrumentos temos toda a informação relativa à condução.

No ecrã central temos todas as definições do veiculo, o sistema de navegação e as conectividades ao Apple CarPlay e Android Auto. Também aqui se controlam os comando do som Bose e se monitoriza a previsão da autonomia ( consoante o modo de condução) e os equipamentos ligados ( nomeadamente ar condicionado). Aqui reside a primeira critica: torna-se difícil chegar a zona mais distante deste ecrã sem nos termos que deslocar e consequentemente perder ( nem que por milésimos de segundo) a atenção na estrada. 

Para que a viagem seja ainda mais segura e relaxada o Ioniq 5 conta com um dos maiores Head-up display do mercado de 44 polegadas com toda a informação sobre a condução e indicações do GPS. No inicio e para quem não está habituado causa alguma estranheza tanta informação no vidro, mas depois verá que ajuda bastante a não tirarmos os olhos da estrada.

A Hyundai usa no fabrico deste automóvel grande quantidade de materiais reciclados e sustentáveis para diminuir também desta forma a “pegada” de Co2.

Uma surpreendeste escolha de materiais que aparentam muita qualidade e design minimalista mas muito bem integrados no carro.

Bancos em pele perfurados, aquecidos e ventilados e muito suave ao toque

TECNOLOGIA

Para além da já falada ( ecrãs, powerbank) conta com:

  • bateria de 800v – Menor tempos de carregamento ( 18 minutos para passar de 10% a 80%), menor aquecimento bateria, motor e electrónica, maior durabilidade destes componentes
  • Inúmeras ajudas à condução ( deteção angulo morto, assistente ultrapassagem, assistente de linhas de rodagem, Cruise control adaptativo, etc…) e Condução autónoma tipo 2

CONDUÇÃO

  • I-pedal ( assusta no inicio mas depois torna-se viciaste a autonomia aumentada que nos proporciona e o conforto na condução especialmente na citadina)
  • Ligeiro Adorno nas curvas mais apertadas mas estamos perante um veiculo familiar de condução despreocupada e não de um desportivo.
  • Muito silencio a bordo o que nos diz muito sobre a qualidade dos materiais e a sua qualidade de construção 
  • A elevada autonomia é mais que suficiente para o dia-a-dia
  • 4 modos de condução: ( Eco, Normal, Sport e Snow)

CONCLUSÕES

  • Por 50 990€ o carro entrega o que promete e paga-se a ele próprio
  • Garantia das baterias de 8 anos e 7 anos de garantia geral sem limite de quilómetros, 7 anos de assistência em Viagem e 7 anos de check-up gratuitos anuais
  • para o preço e ofertas esta proposta está muito equilibrada e por certo será um sucesso de vendas 

AGRADECIMENTOS:

– Concessionário SOVECO Viseu pela amabilidade de nos cederem o carro durante um dia

– Centro comercial Fórum Viseu pelo magnifico espaço para fotografias e vídeos

Vídeos que pode gostar!

Nesta secção apresentamos alguns vídeos com as vantagens ( e também as desvantagens) dos veículos eléctricos

Tesla M.C.U. 1 Versus M.C.U. 2

O MCU do Tesla é basicamente o computador do carro, o cérebro! As siglas significam “Media Control Unit”

Este carro é de fabrico anterior a Março de 2018 e todos os Model S e Model X anteriores a essa data têm o MCU 1. Até há bem pouco tempo não era possível fazer o upgrade para o MCU 2. A única coisa que podíamos fazer era expandir a memória interna do computador para que ele se tornasse menos lento. Esta lentidão resulta dos muitos dados que o computador armazena e gere.

Hoje em dia temos duas hipóteses:
Aumentar a memória do MCU 1. Com isto o computador torna-se mais rápido mas as funções são exactamente as mesmas. Isto é um procedimento sem custos pois a Tesla assume os mesmos. Inclusivamente a Tesla chamou os carros que tinham este problema para que pudesse, sem custos, ser solucionado.
Fazer o Upgrade para o MCU 2. Aqui para além da maior rapidez temos todo um computador novo com mais funcionalidades. Como sempre existiram nos model 3 e Y. Estes modelos nunca tiveram MCU1. Esta opção tem custos que variam consoante a versão de Hardware do Autopilot. Nos modelos com AP1 custa cerca de 1500€, nos modelos com AP2 ou superior este upgrade cifra-se nos 2000€, aproximadamente!

Ver mais »
BMW I3 REX

BMW i3 REX – Análise

O BMW I3 está em produção desde 2013. Saiu muito à frente do seu tempo e era um veiculo caro na altura e no video explicamos o porquê!
Continua a ser um dos citadinos mais versáteis, económicos e espaçosos, e agora com preços de usado bem apetecíveis
Esta versão com extensor de autonomia torna-o ainda mais interessante.

Ver mais »

Tem dúvidas?

Estamos prontos a responder às suas questões sobre a mobilidade eléctrica. Tentaremos ser breves na resposta.

Não hesite em nos pôr à prova!…

Faça as suas contas!

Irá descarregar um ficheiro em formato Excel.
Veja aqui as instruções de utilização.

Formato Excel

Formato Numbers